EPAZ - Escola Sérgio Vieira de Mello

Endereço: Praça Pio X, nº 7 - 7º andar - Centro - RJ
Responsável: Clóvis Brigagão
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Testemunho e Exigência de Sérgio Vieira de Mello

Candido Mendes
Reitor da UCAM

Reunindo universidades e centros de pesquisas brasileiros, a EPAZ nasce na melhor perspectiva da estratégia de prevenção dos conflitos internacionais, de após o 11 de setembro. Entre seus cursos de formação, capacitação e workshops, entende-se a vastidão interdisciplinar do propósito, em tempos do choque das civilizações e da cultura do medo.

A EPAZ dá-se conta da distância que estamos, neste fim de década, do ideal da normalização internacional, como vivido ao fim do século XX. O nome-símbolo do brasileiro diz, de si mesmo, da amplitude hoje com que o terrorismo transforma-se no maior repto à integração social, na construção de um mundo só. E em função desse irracional, brotado ao seio dos conflitos atuais, o que seja, de fato, prevenção ou resolução no gerenciamento das crises contemporâneas.
O testemunho de nosso diplomata da virada do século é a garantia de que a EPAZ irá muito além do missionarismo fácil e de uma ação internacional desatenta aos reptos da hegemonia e às exigências do verdadeiro multiculturalismo do nosso tempo.

 

Compromisso Internacional da EPAZ

Clóvis Brigagão
Coordenador da EPAZ

O Brasil tem longa tradição na resolução de conflitos internacionais por via pacífica. Nossa diplomacia tem dado provas desse desempenho secular. Da mesma forma, a participação das Forças Armadas Brasileiras em Missões de Paz da ONU tem sido considerável. Falta-nos um terceiro pilar: a contribuição qualificada da sociedade civil na prevenção, na resolução e no gerenciamento de crises e conflitos internacionais.

Nada mais oportuno do que a criação Escola Sérgio Vieira de Mello – EPAZ, lançada no III Encontro Internacional do Grupo de Análise de Prevenção de Conflitos (GAPCon): a homenagem a Sérgio Vieira de Mello representa o compromisso com a capacitação profissional em Gestão e Governança Internacional. 



Justificativa
O Brasil tem longa e experimentada tradição diplomática na resolução de conflitos por meios pacíficos e significativa participação militar em Missões de Paz. A EPAZ irá incorporar-se a essa tradição, com a formação qualificada de quadros voltados ao exercício da diplomacia-cidadã em âmbito internacional.

Objetivos
Funcionará como escola prática, destinada à implementação de políticas públicas para capacitar e treinar profissionais em Gestão e Governança Internacional. Sua estrutura e programação, apoiadas em Cátedras, serão dirigidas à formação de quadros e intercâmbio, com o apoio de instituições brasileiras e internacionais, públicas e privadas.

Metas
Desenvolver o Mestrado Profissional, Cursos de Especialização lato sensu e Cursos Livres, em classes presenciais ou à distância.

Métodos de Trabalho
Capacitação e treinamento, através da aplicação do pensamento antropológico, sociológico e político brasileiro, além da incorporação e continuidade das principais correntes de pensamento e ação internacionais em prol da paz e da segurança internacional.

Público-Alvo
Estudantes das áreas das ciências humanas e sociais, além de profissionais civis e militares, organizações da sociedade civil e da mídia pública e privada.

Comunicação Institucional
A EPAZ contará com serviços profissionais de comunicação e suas atividades.

Retorno Institucional
As instituições, empresas e organizações da sociedade civil, nacionais e internacionais, que apóiam e colaboram com a EPAZ terão contrapartidas e benefícios em todas as atividades (projetos, pesquisa, publicações, eventos públicos e serviços do e-paz).  



Coordenação Geral
Coordenador: Prof. Clóvis Brigagão
Vice-Coordenador: Prof. Jacques d’Adesky
Assistente Executivo: Leonardo Paz Neves 
Assistente: Fernanda Fernandes

Coordenação Institucional
Prof. Paulo Elpídio de Menezes Neto

Coordenação dos Grupos Temáticos 
GT I – Direito Internacional Humanitário e Construção da Paz
Profª. Juliana Bessa (UnB, DF)
Prof. José Joaquim Gomes da C. Filho (UnB, DF) 

GT II – Governança Global e Transformações Pós-Conflitos
Prof. Gilberto Rodrigues (UniSantos, Santos)
Prof. Thiago Rodrigues (FASM, SP e NEST/UFF)

GT III – Prevenção e Resolução de Conflitos Armados

Prof. Rafael Seabra (UFF, RJ)
Prof. Marcelo Valença (PUC, RJ)

GT IV - Sociedade Civil e Prevenção de Conflitos Internacionais

Profª. Marinana Barros (CEDIN – BH)
Profª. Luciana Diniz (CEDIN – BH)  



Conselho Superior
Prof. Candido Mendes, Reitor da Universidade Candido Mendes, Brasil;
Dr. Torvald Stoltenberg, Key Resources, Noruega;
Dr. Pierre Schori, Diretor-Geral da Fundação de Relações Internacionais e Diálogo Exterior (FRIDE), Espanha;
Dr. Wilhelm Hofmeister, Diretor da Fundação Konrad Adenauer, Cingapura;
Dra. Joan Dassin, Diretora Executiva da International Fund for Fellowship, Estados Unidos;
Dra. Valerie de Campos Mello, Analista Política Sênior, Nações Unidas, Nova York;
Embaixadora Aziza Bennani, Unesco, Nações Unidas;
Dr. Eduardo Alberthal, Representante para a América Latina e o Caribe, ONU.

Conselho Consultivo
Prof. José Raimundo Romeo, Pró-Reitor de Relações Internacionais, UCAM; 
Prof. Paulo Elpídio de Menezes Neto, Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional, UCAM; 
Prof. Beluce Bellucci;
Prof. Andreas Valentin, Diretor do Instituto de Humanidades, UCAM; 
Embaixador Jerônimo Moscardo, Fundação Alexandre de Gusmão, Ministério das Relações Exteriores, Brasília; 
Dr. Durval Noronha Goyos Jr., Noronha Advogados, São Paulo; 
Profª. Maria Regina Soares de Lima, Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro (IUPERJ/UCAM); 
Prof. Enrique Rodríguez Larreta, Diretor do Instituto do Pluralismo Cultural, UCAM; 
Andrés Serbin, Presidente, Coordinadora Regional de Investigaciones Económicas y Sociales (CRIES), Argentina; 
Dr. Olav Njolstad, Diretor de Pesquisa, Instituto Nobel da Paz, Noruega; 
Prof. Edward Kaufman, Diretor, Center of International Development and Conflict Management (CICDM), Universidade de Maryland, Estados Unidos; 
Alain Délétroz, Vice-Presidente, International Crisis Group, Bélgica; 
Dr. Mariano Aguirre, Diretor Executivo, Peacebuilding Center, Oslo, Noruega; 
Dr. Carlos Gaspar, Diretor, Instituto Português de Relações Internacionais (IPRI), Universidade Nova de Lisboa, Portugal; 
Prof. Leonardo Nemer C. Brandt, Presidente, Centro de Direito Internacional (CEDIN), Belo Horizonte, Brasil; 
Dr. Francisco Rojas Aravena, Secretário-Geral, Flacso, Costa Rica; 
Dr. Volker Rittberger, Presidente, Fundação Alemã para a Pesquisa da Paz/Professor Emérito, Universidade de Tuebingen, Alemanha; 
Prof. Michael Klare, Diretor, Five College, Programa de Paz e Estudos de Segurança Mundial, Amherst, Massachusetts, EUA; 
Prof. Raimo Väyrynen, Diretor, Instituto de Relações Internacionais da Finlândia/Ex-Presidente, Academia da Finlândia, Finlândia; 
Dr. Shepard Forman, Diretor, Center on International Cooperation, New York University, EUA; 
Comando, Centro de Instrução de Operações de Paz (CIOPPAZ), Ministério da Defesa, Brasil; 
Prof. Peter Wallensteen, Department of Peace and Conflicts Research, Universidade de Uppsala, Suécia; 
Dr. Ayrton Fausto, Flacso-Brasil, Brasil; 
Profª. Mônica Hertz, professora, Instituto de Relações Internacionais (IRI), PUC-Rio, Brasil; 
Nizar Messari, Instituto de Relações Internacionais (IRI), PUC-Rio, Brasil; 
Prof. José Manuel Pureza, Diretor, Núcleo de Estudos para a Paz (NEP), Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra, Portugal; 
Dr. Luis Moita, Vice-Reitor, Universidade Autônoma de Lisboa, Portugal; 
Profª. Cristina Churruca, Instituto de Derechos Humanos Pedro Arrupe, Universidade de Deusto, Espanha; 
Prof. Yuji Uesugi, Universidade de Hiroshima, Japão; 
Drª. Sue Armstrong, Diretora, Pearson Peacekeeping Center, Canadá; 



Cátedras

A EPAZ será estruturada a partir de Cátedras, cujas funções são as de fomentar atividades de ensino, pesquisa, publicações e foros públicos, através do intercâmbio de treinamento e capacitação 

Cátedra Trygve Lie (1º Secretário-Geral da ONU)
Representa os princípios, valores e objetivos da diplomacia pública norueguesa.

Cátedra Sérgio Vieira de Mello
Expressa a jornada do grande diplomata da cidadania e funcionário da ONU que dá seu nome à EPAZ.

Cátedra Jean Monnet
Significa registrar um dos fundadores do grande projeto europeu de integração e de reconciliação, com seus parâmetros do multilateralismo, da paz e da segurança internacional.

Cátedra Sérgio Vieira de Mello
Expressa a jornada do grande diplomata da cidadania e funcionário da ONU que dá seu nome à EPAZ.

Cátedra Embaixador Araújo Castro
A escolha do Embaixador Araújo Castro representa as melhores tradições da diplomacia do Itamaraty e das linhas mestras da política externa independente brasileira.

Cátedra Alberto Lleras Camargo
Refere-se à atuação da OEA no campo das missões especiais e da governança democrática.

Cátedra Lester Bowles Pearson
Homenagem ao ex-Primeiro-Ministro do Canadá que estruturou as bases das Missões de Paz da ONU e deu seu nome ao Pearson Peacekeeping Center.

Cátedra Herbert José de Souza (Betinho)
Símbolo de luta, empenho e trabalho pela cidadania.
 



Áreas de Atividades

>> Ensino
Cursos de Capacitação e Treinamento serão oferecidos, em conjunto com as atividades das quatro áreas temáticas do Grupo de Análise de Prevenção de Conflitos (GAPCon).

Cursos de Formação Básica
• Legado político e filosófico de Sérgio Vieira de Mello – Diplomacia-Cidadã, Justiça e Desenvolvimento; Diplomacia Pública; Missões de Paz e Governança. 
• EPPaz – Estudos e Pesquisa da Paz; Direito Humanitário, Psicanálise e Prevenção de Conflitos; Educação para Paz.

Curso de Capacitação
• Direito Internacional Humanitário e Construção da Paz.
• Governança Global e Transformações Pós-Conflitos.
• Prevenção e Resolução de Conflitos Armados.
• Sociedade Civil e Prevenção de Conflitos Internacionais.

Workshops/Oficinas
• Missões de Paz (com o apoio do Centro de Operações de Paz, CIOPPAZ); Desarmamento e Não-Proliferação Internacional; Mecanismos e Regimes de Confiança Mútua; Novos Temas.

Corpo Docente
• Doutores integrantes dos quadros docentes da EPAZ, em cooperação com as Cátedras e convidados de outras instituições nacionais e internacionais. 

>> Pesquisa 
Em conjunto com o Programa de Ensino, a EPAZ irá desenvolver o Programa de Pesquisa, com orientação de políticas públicas sobre temas afins.

• Pesquisadores
Doutores e Mestres da EPAZ, do Instituto de Humanidades da UCAM, além de professores visitantes, serão integrados a projetos de pesquisa através de convênios e solicitações de agências financiadoras, fundações e outras instituições nacionais e internacionais.

• Programa de Iniciação Científica (PIC)
Em conjunto com o Instituto de Humanidades da UCAM, o PIC será destinado a identificar vocações para a pesquisa no âmbito dos programas educacionais da EPAZ

>> Núcleo de Memória e Documentação/Biblioteca e Publicações 
A Universidade Candido Mendes dispõe de acervo bibliográfico de mais de 100 mil títulos, concentrados na área das ciências humanas e sociais. A EPAZ irá implementar a área de memória e documentação sobre prevenção de conflitos e mediação de paz. Seu Núcleo de Memória e Documentação irá consolidar índex bibliográfico da área de Estudos e Pesquisas da Paz no Brasil, incluindo o acervo da UCAM e referências de obras de outras bibliotecas brasileiras. Serão publicados textos no formato eletrônico com a veiculação de dados e informações atualizados sobre temas associados à preservação da memória e da documentação pertinente às atividades da EPAZ. 

>> E-PAZ 
• Observatório de Conflitos Internacionais (OCI)
Serviço de comunicação e informação especializada on line, desenvolvida a partir da mídia, sobre conflitos internacionais.
• Sistema de Alerta Preventivo (SAP)
Serviço especializado para governos, empresas e sociedade civil, de observatório sobre conflitos internacionais e Termômetro dos Conflitos (em parceria com o International Crisis Group (ICG)). 

>> Publicações Impressas e Eletrônicas 
• Cadernos EPAZ – Sobre temas específicos de interesse da EPAZ, das Cátedras e instituições associadas.
• Coletâneas – Publicações próprias ou conveniadas com instituições nacionais e internacionais.
• Occasional Papers – Publicações ocasionais sobre temas de interesse da EPAZ. 


 :: Fotos

:: Cartas de Compromisso